Caça&pesca&natureza

Olá!
Bem-vindo ao cães-caca-pesca-natureza , Esperamos que goste do nosso fórum!
Se ainda não faz parte do fórum, clique em "Registrar-se" para conferir os mais diversos assuntos .
Atenção depois de fazer o resisto a primeira coisa a fazer é ler as nossas regras e depois logo em seguida fazer a sua apresentação e depois participar em força
Obrigado a todos são os votos do fórum Cães&Caça&pesca&natureza

Atenção os utilizadores têm 5 dias úteis para se apresentarem se não o fizerem as suas contas bom ser apagadas de imediato

Caça&pesca&natureza


 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
.Untitled-2.picnikfile_77qB1F.001.vale_do_trevo_banner.customLogo.logocmcc.CABEAL~1

Compartilhe | 
 

 Deutsch Drahthaar & Braco Alemão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
podengos
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 2927
Idade : 40
Localização : Viana do Castelo Gaifar Ponte de Lima
Data de inscrição : 17/02/2008

MensagemAssunto: Deutsch Drahthaar & Braco Alemão   Qua Ago 20, 2008 6:43 pm

A origem desta excelente raça de cães é a Alemanha. A sua denominação de origem é: Drahthaariger Deutscher Vorstehhund, cuja tradução é Braco Alemão de pelo cerdoso, o que não quer, nem pode dizer que a mesma deva ser assim designada em português –, e é só o cão de parar mais popular, recente e com maior número de registos no seu país de origem, apesar dos condicionalismos colocados pelo Clube de Raça, em relação aos progenitores.
Esta raça esta inserida no 7.º Grupo na F.C.I., em continentais, sendo as suas características básicas as seguintes: A Altura do garrote, irá de 60 a 67 cm nos machos e de 56 a 62 cm nas fêmeas, o seu peso, será entre os 25 e 30 kg a pelagem variará entre o castanho com branco e ou bege e preto com branco. Possui uma Longevidade de entre 12 a 14 anos, com um Carácter, nervoso, apegado ao dono e enérgico, sendo que a sua Relação com outros cães e crianças boas e muito boas respectivamente. É necessário possuir um bom Espaço, para que se possa exercitar. A Alimentação, deve ser composta por um alimento seco de boa/muito boa qualidade, na ordem de 400 a 450 gramas por dia e em idade adulta. Como Aptidões, é um cão de parar muito polivalente, chegando no seu país de origem, a ter que ser submetido a provas que englobam rasto de sangue sobre raposas e caça maior.


O Deutsch-Drahthaar nasceu da ideia de criar um cão polivalente para a actividade cinegética, partindo de várias raças especificas, vocacionadas para os mais variados tipos de caça.
Dos melhores cães de pelo áspero e com os cruzamentos das melhores genéticas de pelo curto. foi assim criado na Alemanha nos finais do Sec. XIX o Deutsch-Drahthaar.
Os caçadores alemães sempre sentiram o desejo de melhorar o velho Pointer Alemão, o qual ainda que possuidor de excelente olfacto, era lento, pesado e muito carenciado em ritmo e resistência. Não tinham como objectivo o mínimo desejo de produzir uma raça especializada e foi desta forma que nasceu o conceito de cão de caça versátil. A sua ideia inicial era a de obter um cão eficaz de aptidões variadas, capaz de caçar uma ampla variedade de espécies, apto para a busca, paragem e cobro da peça tanto em terra como na água, mas também excelente para perseguição e seguimento de rastos de lebres, cervídeos, raposas e javalis e fazer o respectivo agarre, bem como extremamente útil para a guarda das habitações, não ficando no entanto com aptidões cinegéticas muito diferentes do Pointer Inglês.
Alguns grupos de entusiastas experimentaram varias combinações de cruzamentos, na tentativa de alcançar o cão ideal. Aqueles que desejavam um animal de pelagem suave cruzaram o velho Pointer Alemão com um sabujo puro sangue, o Schweisshund e o Pointer Inglês, para obter o Braco Alemão de pelo curto ou Deutsch-Kurzhaar.
Outros consideravam que a nova raça deveria possuir, para protecção contra os densos matagais e águas frias, um pelo exterior espesso e duro e uma pelagem interior suave e impermeável (sub-pelo). Assim, criaram com varias raças as mais diversificadas experiências de cruzamentos.
O comum cão de pastor alemão de pelo cerdoso, foi o eleito pela sua inteligência e habilidade para o cobro tanto em terra como na água, cruzando-o com o Pointer Inglês, resultando daí o Pudelpointer, uma raça de pelo espesso de cor parda.

O Stichelhaar, uma raça de cor branca ou parda, derivou do cruzamento de antigos cães de parar alemães de pelo áspero com o Fox Terrier Inglês pela sua fibra e olfacto e, ainda, com uma raça relativamente desconhecida, o Cão de Água Polaco, apreciado pela sua destreza na água.

O Holandês, Edouard Korthals, criou na Alemanha um cão de parar de pelo duro cinza e pardo a partir de uma amalgama de Pointers de pelagem áspera, Grifons provenientes da Holanda, Bélgica e França, que cruzou com Setters e Spaniels, obtendo assim, o Grifón Korthals.

Nos finais do Sec. XIX , pela mão do Barão Sigismund Von Zedlitz und Neukirch e mais alguns entusiastas, seleccionaram e cruzaram estas quatro raças – Deutsch Kurzhaar; Pudelpointer; Stichelhaar; Grifón Korthals - no sentido de obter um cão de parar de pelo duro, versátil e apto para a caça das mais diversas espécies cinegéticas e capaz de lutar contra a dominância de cães Ingleses. Foi assim, e depois de anos de selecção e experiências com os mais diversos cruzamentos, que surgiu aquela que nos dias de hoje se converteu numa das raças de cães de caça mais valorizada tanto na Alemanha como no resto do mundo, o DEUTSCH-DRAHTHAAR




Ainda que a sua paixão seja a caça de pena, não nos podemos esquecer quando o julgamos numa prova de caça, que é um cão apto para seguir rasto de caça e rasto de sangue.
O Deutsch-Drahthaar é um GALOPADOR médio com momentos de trote. No acto de caça guarda um contacto bastante estreito com o seu proprietário ou condutor, dando ao mesmo tempo a impressão de que nada o pode desviar da busca de caça.
O seu GALOPE deve dar a impressão mais de poder do que de ligeireza.
Na sua busca, os lanços quando efectuados a TROTE o Deutsch-Drahthaar pode chegar a efectuar ligeiros controlos no solo. Esta situação no entanto não se pode prolongar.


A PARAGEM (MOSTRA) do Deutsch-Drahthaar muita das vezes dá a impressão de que se encontra na presença de um “muro”, pois a sua mostra é repentina, autoritária e de pé. Por vezes acontece o mesmo após alguns metros de rastro. Na sua posição de paragem deixa ver todo o seu porte poderoso e autoritário, nada pode separá-lo do seu dever e isto compreende a guia à ordem do seu condutor.


dentro de dias meto fotos

comprimentos


Última edição por podengos em Sex Fev 12, 2010 8:17 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://caes-caca-pesca-natu.forumeiro.net
podengos
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 2927
Idade : 40
Localização : Viana do Castelo Gaifar Ponte de Lima
Data de inscrição : 17/02/2008

MensagemAssunto: Re: Deutsch Drahthaar & Braco Alemão   Sex Fev 12, 2010 8:17 am

Braco Alemão


GALOPE: O Braco Alemão moderno nasceu há cerca de cinquenta anos. Actualmente é um galopador médio, "a velocidade não deve ser procurada a todo o custo mas este cão deve ser capaz de galopar por muito tempo com o mesmo andamento, a busca é ampla, bem aberta , cobrindo muito terreno. A cabeça alta e móvel, e o pescoço bem proeminente dão a sensação de sairem dos ombros. Os membros posteriores são projectados para trás, bem afastados, num movimento harmonioso e contínuo; um cão bem constituido galopa facilmente". O galope de movimento pendular (cão que se desloca com um movimento de pêndulo) resulta frequentemente de um defeito na constituição (má angulatura ou pescoço demasiado curto) que o obriga, para manter o equilibrio, a projectar a cabeça de baixo para cima. Em resumo, tudo no movimento deve ser equilibrado, agradável e natural. O PORTE DE CABEÇA: o andamento horizontal não é o andamento típico do Braco Alemão em acção; pelo contrário, o Braco Alemão deve posicionar o pescoço acima da horizontal, com a cabeça elevada. Através desta posição, ele destingue a caça a grande distância e não pode galopar de uma maneira demasiado excessiva. Com este andamento, parece ser um cão que domina perfeitamente a situação: é atento, com a cabeça móvel, nada lhe pode escapar.

A PARAGEM: quando o cão estica o pescoço, baixa a cabeça para a posicionar na horizontal, a cabeça, o pescoço e o corpo parecem constituir apenas uma linha, este movimento anuncia frequentemente a eminência da paragem. A posição ideal de um Braco Alemão na paragem é a posição de pé, com a cabeça elevada, as orelhas atentas, os olhos e as pupilas dilatadas. Geralmente, um ligeiro tremor agita todo o seu corpo, a cauda fica ligeiramente levantada e respira lentamente. Se o condutor estiver distanciado e atrás do cão, este pode virar a cabeça na sua direcção, de seguida voltar novamente a cabeça em direcção à peça como que para indicar a localização exacta desta. Nesta altura, o cão deve permanecer imóvel e só avançar em direcção à peça à ordem do condutor. Dominique Covolo descreve desta forma a detecção da emanação e a paragem. Quando o cão distingue a caça a grandes distâncias, reduz o andamente para o trote, com as orelhas "levantadas", o pescoço esticado e com os membros ligeiramente flexionados. Quando é surpreendido pela presença da caça paralisa-se e ao mesmo tempo baixa o corpo, flexionando os membros; por vezes pára bruscamente como se tivesse ouvido um estalido. Há uma grande beleza nas suas paragens, mesmo nas poses mais desesperadas. É claro que na prática é necessário reconhecer que frequentemente a vegetação, os diferentes tipos de caça e os seus comportamentos provocam atitudes que ficam muito aquém do ideal. Até há cães que se deitam na paragem. A Alemanha, dona do destino da raça, admite as duas paragens: com o cão de pé ou deitado.



O DESLIZAR: varia de acordo com os exemplares, alguns cães deslizam lentamente, outros com autoridade. Em todos os casos, o Braco Alemão deve permanecer esticado. No entanto, se a caça se afastar demasiado, o cão pode segui-la pelo rastro por alguns metros e de seguida detectar novamente a emanação directa. O cão deve permanecer imóvel e por vezes deitar-se, no levante da caça.

Estalão Beleza


ASPECTO GERAL - de um cão aristocrático e harmonioso, com uma conformação que garante resistência, força e agilidade. A postura orgulhosa, a suavidade de sua silhueta, a cabeça seca, a cauda, bem portada, a pele, bem justa e a pelagem, brilhante, soberba harmonia enfatiza sua nobreza.
- -
PROPORÇÕES - o comprimento do tronco é ligeiramente maior que a altura na cernelha.
- -
TALHE - altura na cernelha: machos 62 a 66 cm e fêmeas 58 a 63 cm.
- - comprimento: (padrão não comenta).
- peso: (padrão não comenta).
- -
TEMPERAMENTO - firme, equilibrado, confiável, temperamento controlado, nem nervoso, nem tímido ou agressivo.
- -
PELE - bem ajustada e esticada, sem rugas.
- -
PELAGEM - pêlo curto e denso, áspera e dura ao toque. Um pouco mais fina e curta na cabeça e nas orelhas, insignificativamente mais longa na face ventral da cauda. Deve revestir o corpo inteiro.
- -
COR - a. marrom, sem marcas;
- b. ruão, marrom, com poucas pintas ou salpicos brancos ou no peito e membros;
- c. ruão, marrom escuro, cabeça marrom, com manchas ou salpicos, por vezes, apresentando a cana nasal, occipital e bochechas salpicados. Neste caso, não se considera uma cor, seja marrom ou branco, como cor de fundo; a pelagem apresenta uma mistura tão intensa de marrom e branco que resulta uma aparência discreta, camuflada, muito apreciada na prática da caça. A cor é mais clara na face medial dos posteriores e na ponta da cauda;
- d. ruão marrom claro: cabeça marrom, pintas marrom ou salpicos manchas ou pontos marrons. Esta coloração apresenta a cor marrom em área menor, portanto com predomínio da área branca, ficando com aparência mais clara, consequentemente menos discreta;
- e. branco com cabeça marrom, manchas ou salpico marrom;
- f. preto, com as mesmas marcações da cor marrom e ruão.
As manchas de cor amarelada, queimadas pelo sol, são admitidas.

CABEÇA - seca, bem cinzelada, nem muito leve nem muito pesada; assim, o comprimento e a robustez determinam a substância e o sexo do exemplar.
Crânio - moderadamente largo, ligeiramente arqueado, occipital pouco pronunciado, com o sulco sagital não muito profundo e as arcadas superciliares evidenciadas.
Stop - moderadamente definido.
Focinho - longo, largo, profundo e robusto para habilitar o exemplar ao correcto comportamento de caça. A cana nasal, vista de perfil, mostra uma ligeira curvatura para um nariz romano aristocrático, porém muito suave ou uma subtil elevação da linha recta - mais proeminente nos machos. Ainda é aceitável uma cana nasal recta, porém a cana nasal côncava (dish faced) é considerada uma falta séria.
Trufa - ligeiramente protrusa. Narinas suficientemente largas, amplas e móveis. Basicamente marrons. Trufa manchada ou cor-de-rosa somente é permitida em exemplares cuja PELAGEM é branca como cor - base.
Lábios - bem ajustados, sem ser muito pendentes, com boa pigmentação. A linha nasolabial é ligeiramente inclinada, quase vertical e continuam, em uma curva bem aberta, até a comissura labial moderadamente pronunciada. Bochechas robustas e bem musculadas.
Mordedura - maxilares robustos com uma mordedura em tesoura perfeita, regular e completa. Os incisivos superiores devem ultrapassar tocando os inferiores pela frente sem qualquer espaço e devem ser inseridos ortogonalmente aos maxilares. São 42 dentes de acordo com a fórmula dentária.
Olhos - de tamanho médio, inseridos no plano da pele. A cor ideal é marrom escuro. Pálpebras bem ajustadas.
Orelhas - moderadamente longas, de espessura moderada, largas, de inserção alta, portadas caídas rente às faces, sem dobras, arredondadas nas pontas. Quando levadas à frente, devem alcançar, um pouco mais ou um pouco menos, os cantos da boca.

PESCOÇO - de comprimento, proporcional à estrutura do tronco, muito musculoso, ligeiramente arqueado, alargando-se, gradualmente, em direcção aos ombros. Sem barbelas.
- -
TRONCO -
Linha superior - recta e ligeiramente descendente.
Cernelha - Bem definida.
Dorso - firme e musculoso. Os processos vertebrais devem ser encoberto pelos músculos.
Peito - mais para profundo que para largo com antepeito bem definido, com o esterno longo, alcançando o mais atrás possível. A profundidade atinge um nível abaixo dos cotovelos.
Costelas - bem arqueadas, sem ser achatadas ou em barril. As falsas costelas bem longas.
Ventre - (padrão não comenta).
Lombo - curto, largo, musculado, recto ou ligeiramente arqueado. A passagem do lombo para as coxas é justa e bem conectada.
Linha inferior - elegantemente arqueada, ligeiramente esgalgada no ventre e seca.
Garupa - larga e suficientemente longa, bem musculada e levemente inclinada para a cauda.

MEMBROS
Anteriores - visto de frente, rectos e paralelos, visto de perfil, os membros estão situados bem dentro da projecção vertical do tronco.
Ombros - escápulas bem anguladas, bem ajustadas ao tórax e fortemente musculadas. Articulação escapulo-umeral bem angulada.
Braços - o mais longos possível, bem musculados e secos.
Cotovelos - bem ajustados, trabalhando rente ao tórax e correctamente direccionados para a frente.
Antebraços - rectos e suficientemente musculados. Boa ossatura, sem ser muito grosseira.
Carpos - fortes.
Metacarpos - mínima angulação com o antebraço, jamais escarpados.
Patas - de redondas para ovais, com dígitos bem compactos e adequadamente arqueados. Unhas fortes. Almofadas plantares e digitais grossas e fortes. Patas correctamente direccionadas para a
Posteriores - visto por trás, rectos e paralelos. Joelhos e jarretes bem angulados, com boa ossatura.
Coxas - robustas, articulação coxofemoral bem angulada.
Joelhos - fortes, articulação femorotibial bem angulada.
Pernas - (padrão não comenta).
Metatarsos - (padrão não comenta).
Jarretes - articulações fortes e verticais.
Patas - de redondas para ovais, com dígitos bem compactos e adequadamente arqueados. Unhas fortes. Almofadas plantares e digitais grossas e fortes. Patas correctamente direccionadas para a frente tanto parado quanto em movimento.

Cauda - de inserção alta, grossa na raiz e afinando para a ponta, de comprimento médio. Amputada na metade para a finalidade de caça. Em repouso portada pendente, em movimento, portada horizontalmente, sem ser portada muito alta com a linha dorsal da cauda não extremamente curva. (Em países cuja caudectomia é proibida por lei, a cauda permanece íntegra, alcançando o nível dos jarretes e portada recta ou ligeiramente em sabre).

Movimentação - passada amplas, com boa propulsão dos posteriores e bom alcance dos anteriores. Anteriores e posteriores trabalhando em planos paralelos. Movimenta-se em atitude orgulhosa. Passo de camelo é indesejável.



Comprimentos



Um peixe é demasiado valioso!!!Mas só dentro de água!!!
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Feedbacks [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://caes-caca-pesca-natu.forumeiro.net
CAL.20
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 737
Idade : 42
Localização : SINTRA
Data de inscrição : 24/10/2010

MensagemAssunto: Re: Deutsch Drahthaar & Braco Alemão   Qua Nov 24, 2010 11:11 pm

Amigo podengos quanto ao drahttar só enho uma coisa a dizer.
Um cão também com um exclente nariz,muito polivalente,mas com uma coisa muito má.
Se for Macho e se já tiver coberto alguma fêmea,é um cão muito conflituozo,digo isto porque tenho uma pessoa criadora dea raça e ele tem alguns problemas com os Machos são conflituozos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
o pescador
Caçador Novato ;-)
Caçador Novato ;-)
avatar

Número de Mensagens : 14
Idade : 52
Localização : cacela
Data de inscrição : 07/12/2010

MensagemAssunto: cães   Dom Dez 12, 2010 4:04 pm

olá sou o pescador quero agradecer pela informação prestada sobre o drahttar se algum colega fizer criação desta raça gostaria que me contacta-se em pm um abraço para todos os colegas deste forum.
Voltar ao Topo Ir em baixo
D13
Caçador Aprendiz ;-)
Caçador Aprendiz ;-)
avatar

Número de Mensagens : 154
Idade : 34
Localização : Loures
Data de inscrição : 19/04/2011

MensagemAssunto: opinião   Qui Maio 12, 2011 8:12 pm

Tenho uma braco alemão,com um ano e só tenho a dizer bem desta cachorra,uma aluna exelente,que com 7 meses fez um trabalho sobre uma perdiz chumbada,que eu pensei esta cachorra está maluca,a perdiz foi levantada pelos meus cães de coelhos e chumbada,no sitio da porrada eu só via penas,e os cães de coelhos não pegavam nem por nada no rasto,nisto a 100 metros ou 150 ou 90 não sei bem precisar,lá estava a minha menina parada,com o nada pensei eu,quando dá a porrada e aparece me a fumar de cachimbo,não sou de gabar os meus cães mas este trabalho encheu me de peneiras,e é um orgulho muito grande quando vejo resultados das minhas promessas,como fico desiludido quando não passam de promessas.Tenho a acrescentar,que não foi só o meu trabalho,mas também o sangue que corre nas veias desta jovem,e que guelra,não custo mo comprar cães,e quando os compro é sempre cachorros,para que cresçam sobre as leis da casa,e não venham com os vicios dos outros,esta cadela tem sangue de cães campeões,é filha de um campeão aqui da zona e do mundo.Não tem lop ao contrário dos pais,eu não quis registá la, mas o lop também,não caça,mas é uma braco pura,apaixonada pela caça como todos os da raça,e sempre pronta.
Quem quer uma raça de temperamento e paixão,corajoso e todo o terreno, o braco é a raça q procura.



Saudações Cinegéticas...
Não sou vaidoso com os cães,nem tenho melhores que nínguem,onde há muita caça também os meus acham e cada um tem os seus uns melhores,outros piores mas são os nossos e com treino podem lá chegar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Deutsch Drahthaar & Braco Alemão   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Deutsch Drahthaar & Braco Alemão
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Caça&pesca&natureza :: Os Cães :: Os Cães-
Ir para: