Caça&pesca&natureza

Olá!
Bem-vindo ao cães-caca-pesca-natureza , Esperamos que goste do nosso fórum!
Se ainda não faz parte do fórum, clique em "Registrar-se" para conferir os mais diversos assuntos .
Atenção depois de fazer o resisto a primeira coisa a fazer é ler as nossas regras e depois logo em seguida fazer a sua apresentação e depois participar em força
Obrigado a todos são os votos do fórum Cães&Caça&pesca&natureza

Atenção os utilizadores têm 5 dias úteis para se apresentarem se não o fizerem as suas contas bom ser apagadas de imediato

Caça&pesca&natureza


 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
.Untitled-2.picnikfile_77qB1F.001.vale_do_trevo_banner.customLogo.logocmcc.CABEAL~1

Compartilhe | 
 

 32 anos de espingarda ás costas....

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
artmar
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 312
Idade : 53
Localização : Aveiro
Data de inscrição : 10/06/2010

MensagemAssunto: 32 anos de espingarda ás costas....   Qui Fev 23, 2012 7:48 pm

Boa tarde gente boa!


Vou tentar escrever o que aprendi ao longo de 32 anos de espingarda as costas, pois
comecei aos 16 anos e estou com 48.
Quanto a armas é o seguinte. Em 1979 o meu pai que não era
um caçador muito assíduo pôs-me na mão uma espingarda de canos laterais, que
ainda hoje a tenho e olhem que não era um ferro qualquer, era uma Luigi Franchi
modelo Condor que em 1957 quando ele a comprou já a pagou bem paga e em 2ª mão.
Este modelo é o que esta abaixo do modelo Imperial. Nessa altura a arma não
estava adequada para a minha fisionomia e como tal os resultados eram
medíocres, apenas me safava quando era para o meio do bando, apontava aos da
frente e caiam os de trás……tão a perceber, ne ??.


Andei nesta vida uns 7 anos pois não trabalhava e não tinha
dinheiro para comprar outra. Após estes 7 anos comprei uma Breda Alter em 2ª
mão que tratando-se de uma excelente arma, não me melhorou os resultados, pois
estava preparada para um atirador direito e eu sou esquerdino. Nunca tive
ninguém que me aconselhasse, fosse lá pró que fosse, em relação ao que poderia
fazer á coronha. Passado pouco tempo um colega de caça que adorava a arma ficou
com ela. A seguir comprei uma Remington 1100 automática, que ai sim comecei a
matar razoavelmente bem ate porque era uma arma com fita rampeada e coronha
direita, nem cast off, nem cast in. O pior era os 3.750 Kg que ela pesava.


Com os meus 26, 27 anos, comprei a arma que com ela mais
caça matei, uma Fabarm Gamma Lux de canos sobrepostos, com choques e 2.600 Kg. Que maravilha de
arma. Mais tarde comprei duas SKBs lindíssimas, mas acabei por as vender, pois
eram muito chocadas (full/full) e não darem para as munições de aço. Neste
momento alem da Franchi, tenho uma Browning Maxus e uma Skb Trap.






Quanto as munições….Iniciei-me com a ideia que só se matava
com chumbo grosso e andava com o cinturão com chumbo 3 /4 /5……..que paranóia. O
meu pai matava patos com 8 e 9 e eu com a mania de que mais vale um grosso que
muitos finos. Isto tudo com as influencias de quem não percebia um cú e não
dava ouvidos ao meu pai. Claro que os anos foram passando e a razão vem ao de
cima. Outra coisa que me convenci é que não adianta atirar nos limites e pró
milagre, pois chumba-se muita caça, perde-se ou até estaremos a abater caça
para quem não merece…digo eu. Por estes motivos hoje em dia uso tiros bons,
tentando sempre a mesma marca e modelo, dificilmente acima das 33 gramas e acima do nº 6
e choques entre 3 e 4 estrelas. Neste momento tenho utilizado um choque Briley
(LM), na minha Maxus que tem dado excelentes resultados.
Quanto ás distancias a que efectuo os tiros, só capaz de poder
afirmar que por ventura não os faço para alem dos 40 metros.


Por fim e porque sou um caçador de carreirinho, conforme
afirma o meu amigo e colega Manuel Silva, eu só caço a passarinhos…..rolas,
pombos, patos, e tordos.


Um grande abraço


Artmar
Voltar ao Topo Ir em baixo
castilho
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 634
Idade : 40
Localização : coimbra
Data de inscrição : 14/11/2010

MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Qui Fev 23, 2012 8:15 pm

Bom tópico.. bravo
Fica a ideia para que mais membros deixem também um relato/história/resumo, da sua vida de caçador.. amigos em breve deixo o meu... Agreement


Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.facebook.com/PodengosCastilho
matador
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 1897
Idade : 39
Localização : penafiel
Data de inscrição : 20/06/2011

MensagemAssunto: ola   Qui Fev 23, 2012 9:29 pm

artmar bem explicado
Voltar ao Topo Ir em baixo
podengos&coelhos
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 3305
Idade : 41
Localização : Viseu
Data de inscrição : 20/02/2008

MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Sex Fev 24, 2012 9:38 am

Um tópico feito de e para o saber!
Excelente!
Obrigado pela partilha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
mário ferreira
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 1511
Idade : 45
Localização : lisboa
Data de inscrição : 26/05/2010

MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Sex Fev 24, 2012 9:56 am

foi uma boa ideia vou seguir o exemplo assim que tiver algum tempo



parabéns pela iniciativa
Voltar ao Topo Ir em baixo
lobo cal. 12
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 486
Idade : 48
Localização : oli.do bairro aveiro
Data de inscrição : 16/02/2012

MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Sex Fev 24, 2012 11:03 am

Boas.

Amigo Artmar boa iniciativa... bravo



Com tudo fiquei na duvida, no modelo de uma arma. Eu tenho duas bredas altair lusso semiautomaticas.
Uma com cano normal e outra cano magnum,para tiro aos passaritos.
Não encontrei nada sobre(dreda alter) sera semiautomatica? OU sera mesmo a(altair)?

Fico ******

Cumps... amigos
Voltar ao Topo Ir em baixo
João Paulo
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 870
Idade : 49
Localização : Almada
Data de inscrição : 08/04/2010

MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Sab Fev 25, 2012 4:12 pm

Boas amigos

Então cá vai disto...também tirei a minha carta de caçador com 16 anos e se deus quiser no dia 15 de Agosto de este ano também farei 29 anos de caça quase sempre no Alto e Baixo Alentejo.

Para primeira arma o meu pai, também ele caçador e companheiro de sempre nestas lides, ofereceu-me uma Saint Etienne de canos sobrepostos, chocadissima, mas em contrapartida leve como uma pena. Em casa, frente a um espelho, a pôr a espingarda á cara, parecia imparável, mas não era bem assim...ehehehehehehe...

No dia 15 de Agosto de 1983 abertura ás rolas, junto ao Guadiana e eu todo vaidoso, cartucheira carregada (ainda uso a mesma...muito bom material) e ainda um bornal preparado pelo o meu pai também bem composto de cartuchos...posso dizer que dei para cima de 100 tiros e o que aconteceu nesse espalhanço meu de chumbo para o ar foi que uma rola, mais distraida, foi contra o chumbo e claro...para mim foi uma alegria enorme pendurá-la, embora reconheça que o mais querido pai estava mais feliz e orgulhoso do que eu...no final do dia, apercebi-me que não era tão fácil como o meu pai fazia parecer (excelente atirador e amigo...companheirão de sempre)...

Em Outubro desse mesmo ano, abertura á caça geral em Barbacena, uma zona de excelencia para perdizes e lebres, e foi mais um espalhanço de chumbo fenomenal...posso-vos dizer que errei 8 lebres que me sairam aos pés e atirei seguramente a mais de 40 perdizes...foi a primeira (de muitas) grade da minha vida de caçador e a que doeu mais, pois essa nunca a esqueci...mas nunca esmoreci, e nesse meu primeiro ano depois de muitos "martelanços" ainda consegui "enganar" a primeira lebre (no Torrão) e a primeira perdiz (também no Torrão)...

Cacei 3 anos com a Saint Etienne, até que a consegui "trocar" por uma NIKKO 5000 Sporting, do meu pai, de canos sobrepostos, que ainda hoje está no activo e posteriormente adquiri uma semi Breda Altair e uma Pietro Beretta A303 e são estas as minhas 3 "meninas"...

Em relação aos nossos fiéis amigos, foi-me oferecida uma perdigueira quando comecei a caçar, a "Pantufa" que me acompanhou muitos anos, até não poder mais e tive também um E.Breton, o "Bobby"que me acompanhou tambem muito tempo...

De realçar que os cartuchos utilizados eram todos carregados pelo meu pai e posteriomente por mim, também...em relação ás zonas por onde caçavamos, quando comecei era tudo terreno livre, as unicas reservas que existiam era as do Estado...
Actualmente, caço com cartuchos Melior Diamante a toda a caça, excepto tordos e rolas...foi uma marca que me habituei a gostar...

Ahhhh...e também sou esquerdino...eheheheheeh...

Grande abraço para todos amigos

Voltar ao Topo Ir em baixo
artmar
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 312
Idade : 53
Localização : Aveiro
Data de inscrição : 10/06/2010

MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Sab Fev 25, 2012 5:48 pm

[quote="lobo cal. 12"]Boas.

Amigo Artmar boa iniciativa...



Com tudo fiquei na duvida, no modelo de uma arma. Eu tenho duas bredas altair lusso semiautomaticas.
Uma com cano normal e outra cano magnum,para tiro aos passaritos.
Não encontrei nada sobre(dreda alter) sera semiautomatica? OU sera mesmo a(altair)?

Fico

Cumps... [/quote



Peço desculpa pelo Breda Alter. Não era esse modelo que queria dizer mas sim Breda Altair Special, igual á da foto.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Abraço
Artmar
Voltar ao Topo Ir em baixo
artmar
Caçador Veterano ;-)
Caçador Veterano ;-)


Número de Mensagens : 312
Idade : 53
Localização : Aveiro
Data de inscrição : 10/06/2010

MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Sab Fev 25, 2012 5:58 pm

João Paulo escreveu:
Boas amigos

Então cá vai disto...também tirei a minha carta de caçador com 16 anos e se deus quiser no dia 15 de Agosto de este ano também farei 29 anos de caça quase sempre no Alto e Baixo Alentejo.

Para primeira arma o meu pai, também ele caçador e companheiro de sempre nestas lides, ofereceu-me uma Saint Etienne de canos sobrepostos, chocadissima, mas em contrapartida leve como uma pena. Em casa, frente a um espelho, a pôr a espingarda á cara, parecia imparável, mas não era bem assim...ehehehehehehe...

No dia 15 de Agosto de 1983 abertura ás rolas, junto ao Guadiana e eu todo vaidoso, cartucheira carregada (ainda uso a mesma...muito bom material) e ainda um bornal preparado pelo o meu pai também bem composto de cartuchos...posso dizer que dei para cima de 100 tiros e o que aconteceu nesse espalhanço meu de chumbo para o ar foi que uma rola, mais distraida, foi contra o chumbo e claro...para mim foi uma alegria enorme pendurá-la, embora reconheça que o mais querido pai estava mais feliz e orgulhoso do que eu...no final do dia, apercebi-me que não era tão fácil como o meu pai fazia parecer (excelente atirador e amigo...companheirão de sempre)...

Em Outubro desse mesmo ano, abertura á caça geral em Barbacena, uma zona de excelencia para perdizes e lebres, e foi mais um espalhanço de chumbo fenomenal...posso-vos dizer que errei 8 lebres que me sairam aos pés e atirei seguramente a mais de 40 perdizes...foi a primeira (de muitas) grade da minha vida de caçador e a que doeu mais, pois essa nunca a esqueci...mas nunca esmoreci, e nesse meu primeiro ano depois de muitos "martelanços" ainda consegui "enganar" a primeira lebre (no Torrão) e a primeira perdiz (também no Torrão)...

Cacei 3 anos com a Saint Etienne, até que a consegui "trocar" por uma NIKKO 5000 Sporting, do meu pai, de canos sobrepostos, que ainda hoje está no activo e posteriormente adquiri uma semi Breda Altair e uma Pietro Beretta A303 e são estas as minhas 3 "meninas"...

Em relação aos nossos fiéis amigos, foi-me oferecida uma perdigueira quando comecei a caçar, a "Pantufa" que me acompanhou muitos anos, até não poder mais e tive também um E.Breton, o "Bobby"que me acompanhou tambem muito tempo...

De realçar que os cartuchos utilizados eram todos carregados pelo meu pai e posteriomente por mim, também...em relação ás zonas por onde caçavamos, quando comecei era tudo terreno livre, as unicas reservas que existiam era as do Estado...
Actualmente, caço com cartuchos Melior Diamante a toda a caça, excepto tordos e rolas...foi uma marca que me habituei a gostar...

Ahhhh...e também sou esquerdino...eheheheheeh...

Grande abraço para todos



Confrade João Paulo !
O amigo também foi bafejado pela sorte quanto as armas.......sempre bons ferros.
Agora, o ser esquerdino é que sempre se torna uma mais valia.....hehehe....digo eu
Um grande abraço
Artmar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: 32 anos de espingarda ás costas....   Hoje à(s) 1:54 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
32 anos de espingarda ás costas....
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Caça&pesca&natureza :: Caça Menor :: Debates-
Ir para: